Por Fê Gonçalves  •  06 jan 2020
0 Comentários

Estante: como usar toda funcionalidade e beleza desse móvel

Decoração, Lifestyle

O novo design de interiores valoriza um melhor aproveitamento dos espaços. Ele sugere às pessoas que tentem, ao máximo, otimizar os espaços livres que possuem dentro de casa.

Para isto, indica a utilização de várias peças mobiliárias. Dentre elas, a estante, que é um dos móveis considerados mais funcionais, visto presente em muitas propostas de decorações modernas ~ tanto simples quanto sofisticadas.

Imagem: Casacor Bahia 2017

Abuse das estantes

Estante é um tipo de móvel bastante prático, que pode oferecer uma série de possibilidades de usos. Para qualquer espaço sobrando dentro de casa, a ideia de colocar uma estante pode se revelar perfeita. Este elemento apresentaria duas utilidades principais: incremento para a decoração e auxiliar na organização de objetos no local.

Imagem: BY Arq&Design

Ambientes onde colocar uma estante

Em uma sala de estar, por exemplo, pode-se usar uma estante como suporte ou apoio para aparelhos de TV e DVD, além de acomodar objetos ornamentais.

Neste caso, seus vãos poderiam ser lindamente preenchidos com vasos, estatuetas, porta-retratos, e outros itens ~ destacando o estilo do ambiente e criando um clima de sofisticação. Já no quarto, guardar objetos de coleção e brinquedos, por exemplo.

Estantes também ficam ótimas em composições de escritórios, servindo para dar suporte a livros, caixas de arquivos e mais. E, dependendo de seu modelo e suas dimensões, em hall de entrada, varanda, corredor, e até mesmo área de serviço ~ substituindo armários aéreos. Trata-se de uma solução perfeita para apartamentos alugados, quando não é possível furar as paredes.

Imagem: Quitete & Faria

Imagem: Iara Kilaris

Que modelo de estante usar?

Existem diversos modelos diferentes de estantes prontas à venda nas lojas. Contudo, é melhor quando se consegue fazer um projeto sob medida, que aproveite bem toda a extensão e a altura de uma parede.

Em alguns casos, este móvel pode acabar sendo o elemento principal da decoração, o item fundamental para o bom funcionamento do ambiente. Tudo vai depender do que é proposto.

Design

É preciso destacar que o designer pode sugerir a utilização, em locais estratégicos do layout de um cômodo por ele projetado, das estantes que achar melhor. Tais peças podem ter tamanhos, estilos, formatos e acabamentos diferentes. 

No mercado, já existem à venda modelos dos mais clássicos aos mais criativos. Mas é sempre preferível escolher algo que combine com a decoração previamente proposta pelo profissional.

Se o seu cliente pedir a criação de um ambiente mais jovem ou sofisticado, sempre será possível escolher um modelo de móvel para integrar à composição. Saber o tipo certo de estante a ser comprada vai depender de vários fatores. Em qual espaço da casa a peça será inserida? Para que ela será utilizada ~ sobretudo quanto à organização de objetos? E se precisará ter nichos, prateleiras ou gavetas, e fechamento com portas?

Imagem: Patricia Covolo

Imagem: Patricia Martinez

Materialidade

Os modelos mais comuns de estantes, visto na maioria das propostas de decoração de interiores, são os construídos com peças em madeira maciça ou MDF.

Alguns destes exemplares possuem texturas que remetem a um visual mais rústico, contrapondo bem com móvel de design mais contemporâneo. Mas também existem as estantes em aço ou alumínio, que ficam lindas em cenários minimalistas e urbanos ~ tipo pegada industrial.

Imagem: Carlos Rossi

Imagem: TT Interiores

Ainda é possível optar por um modelo de estante feito em dois materiais para fazer parte da decoração da casa. 

Por exemplo, um tipo de estante que tenha a estrutura em madeira ou metal, mas o fechamento frontal com placas de vidro. E ainda uma estante que tenha divisões internas em vidro transparente, dando a impressão de que os objetos guardados no seu interior estejam “flutuando”.

Para finalizar, é preciso destacar as “estantes modulares”. Esta é uma forte tendência atual em design de interiores. Existem aquelas que podem ser montadas com torres verticais ou com nichos de vários formatos ~ até hexagonal ~, empilhados uns sobre os outro.

A vantagem disso é poder adequar a estante a área livre que se tem ~ inclusive com cantos desafiantes, como zonas sob escadas.

Pronto para escolher sua estante nova? Depois de instalar, conte o resultado para a gente nos comentários! 

Imagem: Hildebrand Silva Arquitetura

Imagem: Marília Veiga

*As dicas de como utilizar estantes na decoração de interiores foram criadas em parceria com a equipe Viva Decora.

Comente pelo Facebook
Escreva o seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui

UP
YouTube   FeGonçalves