Por Fê Gonçalves  •  09 ago 2020
0 Comentários

Cortina ou persiana: qual a melhor opção?

Decoração, Lifestyle

A iluminação é uma das questões mais importantes para a o design e a arquitetura de interiores.

Contudo, assim como devemos planejar a entrada de luz natural nos ambientes da casa, também devemos pensar em como controlar isto. 

Cortina e persiana são elementos próprios para este fim. Eles geralmente são feitos de tecido e devem ser instalados rente às janelas, justamente para fazer este fechamento.

Imagem: Marília Veiga

Por que fazer o fechamento de janelas

É muito gostoso deixar a luz do sol entrar dentro de casa; isto faz os ambientes parecerem mais amplos e serem mais saudáveis também. 

Só que, em outros momentos, podemos ter o desejo de repousar em um cômodo adequadamente escuro ou mesmo ter mais privacidade. Então, é aí que entram as cortinas e persianas. Fora que elas ainda ajudariam a proteger móveis, eletrônicos e pisos, além de deixar a decoração mais aconchegante.

Imagem: Revista Viva Decora

Como escolher uma cortina para casa

As cortinas e persianas não devem ser deixadas para comprar só na última etapa da decoração de uma casa. Pelo contrário, a decisão de qual modelo utilizar em cada ambiente deve estar alinhada à proposta de interiores desde o início. 

Por várias razões, como os critérios de instalação que poderão impactar, por exemplo, na instalação do gesso e no teto de um determinado local.

Imagem: Karina Korn

É interessante também avaliar qual seria o tipo ideal de cortina ou persiana para cada ambiente da casa pensando no que comprar nas lojas de decoração. 

As peças adquiridas devem combinar com todo o cenário ~ ou contrastar harmoniosamente. Elas devem valorizar o pé direito, os layouts e o desenho das aberturas dos cômodos; controlar a incidência de luz solar nos interiores; e ter um bom caimento.

Pense se as cortinas da sua casa devem ser mais leves e transparentes ou pesadas e com um forro blackout. Também nas cores e estampas dessas peças ao lado de móveis, revestimentos e ornamentos da decoração. 

Para uma janela pequena, a cortina deve ir até 1 cm do chão. Se há uma bancada logo abaixo, o ideal é que a cortina não toque o móvel. E se a abertura for bem grande, considere cobrir toda a superfície da parede com cortina.

Imagem: INÁ Arquitetura

Cortina ou persiana?

No passado, pensava-se que as persianas eram um artigo de decoração mais voltado para os ambientes empresariais. Mas os designers e arquitetos entenderam que os novos modelos também podem se adequar muito bem às composições de ambientes residenciais, dependendo da proposta. E, até mesmo, que se pode fazer a combinação de cortinas em tecido com persianas em outros materiais.

Então, agora temos duas opções para fechamento de janelas de casas: cortinas e persianas. Agora, é só entender quando usar uma ou outra e o motivo. 

Pois bem, as cortinas deixam as decorações mais atraentes e aconchegantes. Podem combinar com outros elementos têxteis utilizados nos cenários ~ a variedade é enorme. E dependendo do seu tecido e estrutura, deixar os ambientes menos ou mais formais.

Imagem: Espaço do Traço Arquitetura

Agora, as persianas são mais práticas ~ tanto para abrir quanto limpar ou passar por uma manutenção ~ o que é perfeito para decoração de banheiros e cozinhas. Seu visual deixa os ambientes modernos ~ sejam eles pequenos ou amplos. Podem ser feitas de madeira, bambu, metal, PVC ou fibra sintética. E se movimentar em sentido horizontal ou ~ diferente de uma cortina comum ~ na vertical.

Imagem: Mutabile Arquitetura

Alguns modelos de cortinas

Em geral, as cortinas podem ser suspensas por varões ~ fáceis de instalar ~ ou trilhos ~ ótima pedida para quando a janela ocupa quase toda a parede de uma sala. 

Algumas apresentam um corte reto, já outras apresentam pregas, babados, bandôs e mais outros detalhes especiais.

Imagem: Andrea Bonotto

Quanto mais claras e leves forem as cortinas, mais permitem a passagem da luz e a vista da paisagem. 

Neste caso, o complemento de uma cortina rolô, por exemplo, pode ser suficiente para barrar eventualmente a entrada dos raios do sol. Peças de cores neutras e off-white costumam combinar bem com quase tudo. Mas as em tecidos coloridos e com estampas alegres devem levantar mais o astral dos cenários.

Para as opções anteriores, pode-se utilizar linho ou gaze de linho com poliéster ~ uma combinação bem resistente. 

Agora, dependendo do caso, pode-se optar por uma cortina em algodão grosso e napa e em cores quentes para aquecer o ambiente. Ou combinar o primeiro tipo de peça, mais fina, com camadas mais pesadas. Esta mistura também pode acrescentar movimento e textura ao cenário decorado.

Imagem: SP Arquitetos

Sugestão de cortina para cada ambiente

Persianas marcando muito a verticalidade de um ambiente podem fazer a casa parecer um escritório; por isso elas devem ser evitadas. 

As cortinas mais clássicas, de suaves ondulações, super elegantes, combinam com decorações de salas. Já os quartos podem receber cortinas tipo persiana romana em gomos ou persiana rolô com detalhes românticos. E cozinhas e banheiros, as persianas horizontais em metal, PVC ou tecido impermeável.  

Imagem: Revista Viva Decora e Marel – Grupo Factory

As dicas de como escolher o melhor modelo de cortina ou persiana foram criadas em parceria com a equipe Viva Decora.

Comente pelo Facebook
Escreva o seu comentário
Você precisa estar logado para deixar um comentário.
UP
YouTube   FeGonçalves