Por Dri Adorno  •  30 set 2015
3 Comentários

Dicas para escolher Daminhas e Pajens

Casamento

Dentre os muitos detalhes na hora de se planejar um casamento, decisões aparentemente simples podem gerar também muitas dúvidas, e esse é o caso da escolha das daminhas e pajens! Para ajudar as leitoras, que vão casar, separei algumas dicas fundamentais na hora de planejar tudo relacionado às crianças! Se preparem pois será um post esclarecedor recheado de fotos fofas {confesso que foi difícil escolher as melhores viu?}!!

como escolher daminha e pajem_blog a melhor escolha

♥ Qual a função das crianças?

Elas deixam as pessoas encantadas durante a cerimônia, normalmente são responsáveis por acompanhar a noiva e levar as alianças até o altar. Essa parte do casamento, chamada de cortejo, é sempre um momento esperado, que costuma agradar os convidados, gerando suspiro e risadas. Porém, atualmente a “função” das daminhas e do pajem pode ir muito além de criar um momento de alegria na cerimônia ao levar a aliança. Agora existem várias opções em que as crianças podem ajudar/participar: espalhar pétalas {também pode ser chamada de florista}, carregar plaquinhas com piadinhas ou frases românticas, distribuir os saquinhos de arroz e lágrimas de alegria , por exemplo.

blog a melhor esclha_daminhas de honra em casamento de dia

♥ Tem alguma idade ideal?

Não tem idade ideal. Os noivos só devem ficar atentos no caso de crianças muito novas, que podem “travar” na hora de entrar {se nós adultos ficamos nervosos ou tímidos, imagina as crianças?}. Na tentativa de evitar que a criança trave, o casal pode optar pelas as mais velhas, a partir de 6 anos, que já entendem melhor o que está acontecendo, ou então, as que sejam íntimas e do convívio do casal, que não vão se assustar ao ver pessoas diferentes. No meu caso, além de serem crianças da família, optei por priorizar as que se conheciam e conviviam juntas: assim quem estava “tímido” foi no embalo dos outros, e ninguém titubeou.

blog a melhor escolha_como escolher pajem e daminha para casamento

♥ Existe algum limite de número?

Como sempre digo {as vezes até repetitivamente} não há regras no casamento! Tudo tem que ser de acordo com a vontade dos noivos, logo, pode ser a quantidade de daminhas e pajens que o casal quiser! A única coisa a ser considerada é o espaço da cerimônia: é preciso manter um equilíbrio visual do evento e pensar se tem espaço para as crianças sentarem, ou se elas ficarão de pé…

blog a melhor escolha_pajens e casamento

♥ Quem paga pela roupa?

Mais uma vez, não é uma regra. Esse ponto depende muito do nível de intimidade que os noivos tenham com os pais das crianças. Dizem que é de bom tom que os noivos se ofereçam para pagar os trajes, mas se o casal tem uma boa relação com os pais tudo pode ser conversado. O custo das roupinhas pode ser dividido, ou então, os próprios pais podem se oferecer para pagar, o importante é isso ficar conversado e alinhado com certa antecedência. De qualquer maneira cabe aos noivos pagar todo e qualquer acessório que queiram que as crianças levem: cestinha, plaquinha, almofada de aliança, buquezinho, por exemplo.

blog a melhor escolha_pajens casamento

♥ Qual a roupa ideal?

É importante considerar o estilo da festa, horário e principalmente conforto. Crianças gostam de brincar e correr, por isso, é importante que se sintam bem. Algumas noivas optam por daminhas usando branco para combinar com o vestido, ou então, por cores que combinam com a decoração ou com o buquê, para deixar tudo mais alinhado. Durante o dia é preferível ter um tons mais neutros e tecidos mais frescos {principalmente se for cerimônia a céu aberto}. Agora, se o casamento for a noite, dá para as roupas terem mais detalhes como rendinha, ou um pouco de brilho e pérolas. Já os pajens normalmente usam modelo igual do noivo, ou então, dos padrinhos.

blog a melhor escolha_meninas daminha casamento

♥ Precisam ser crianças?

Atualmente está cada vez mais comum no lugar de crianças os noivos optarem por escolher adultos, amigos próximos, ou então avós para entrarem com as alianças. É uma maneira legal de homenagear pessoas importantes para o casal. Alguns animais de estimação também veem cumprindo esse papel em casamentos mais informais, em espaços abertos {o que não deixa de ser fofo, não é?}

blog a melhor escolha_cachorro em casamentos

E assim, com toda essa fofura acabo o post de hoje. Quem ainda não casou imaginava que era necessário se preocupar com tantos detalhes para daminhas e pajens? E quem já casou? Optou por quantas crianças? Só responder nos comentários ou mandar e-mail. Aproveito para lembrar como sempre que, quem casou recentemente e quer aparecer aqui, só escrever um e-mail no [email protected]

Qualquer dúvida e opinião é só comentar.
Beijos

Sobre Dri Adorno: Relações Públicas, Assessora de Imprensa, noiva, apaixonada por música, seriados, animais e vôleibol… não necessariamente nessa ordem!
Instagram: casandobydriadorno
E-mail: [email protected]

Comente pelo Facebook
Escreva o seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui

3 Comentários
  1. Camila Faria - 30/09/15 - 13h09

    Eu já fui daminha!!! Acho que tinha uns 8 anos, mas me lembro tanto desse dia! Na “minha época” não existia essa coisa de levar plaquinhas e outras fofuras. Amei as dicas!

    Responder
    • Adriana - 30/09/15 - 18h47

      Ca,
      Acredita que eu nunca fui #trauma !
      Sempre quis ser, mas ninguém casou quando eu era novinha,
      Para as crianças sempre é um momento especial tb.
      bjs

      Responder
  2. Márcia - 30/09/15 - 21h39

    Quanta fofura em um post só! Me lembro quando eu fui daminha, tinha nove anos e acho que estava mais ansiosa do que a noiva hahah
    Adorei o post. Um beijo

    http://www.belablue.com.br

    Responder
UP
YouTube   FeGonçalves
Instagram   @fegoncalvesoficial