Por Fê Gonçalves  •  20 ago 2018
0 Comentários

Como combinar cinza e amarelo na decoração da casa

Decoração, Lifestyle

A decoração de interiores é um assunto que tem tomado cada vez mais destaque nas discussões familiares. Afinal, nada melhor do que ter uma casa bem cuidada e confortável, que reflita o seu gosto e possa receber bem as suas visitas.

A força visual das cores tem muito poder. E por isso, este é um dos itens de maior relevância no planejamento de interiores.

A união de cinza e amarelo, por exemplo, pode ser considerada diferente ∼ nem é mesmo tão requisitada quanto cinza e rosa ou cinza e laranja. Porém, ela garante resultados incríveis.

Imagem: Fabiana Rosello

Que tal você experimentar? O post servirá, justamente, para lhe dar ideias e inspiração de como usar essa combinação ousada em sua casa, do home-office ao dormitório. 

As características da cor cinza

O cinza é uma cor intermediária entre o preto e o branco ∼ que, aliás, pode virar vários tons, todos muito versáteis na decoração e combinando bem com outras matizes. Ele é considerado pelos projetistas como sofisticado, mas também sóbrio demais.

No passado, nem mesmo era cogitado para certos ambientes da casa. Mas, com o tempo, viu-se que quando associado a outras cores poderia, sim, criar um cenário bonito.

Hoje, o cinza é usado, principalmente, como pano de fundo para cores mais alegres e vibrantes. Ele até pode dominar a maior parte do ambiente, estando em paredes, sofás, mesas, bancadas e mais. E também se destacado de peças menores e coloridas, como os elementos decorativos, ainda que misturado com o branco e o preto.

Imagem: Concretize

As características da cor amarela

O amarelo é uma cor altamente energética. Ele é quente, alegre, chamativo e vibrante, como um dia ensolarado de verão. Mas, deve ser sempre utilizado com cautela na decoração de interiores ∼ apenas em alguns pontos de destaque, “acendendo” o cinza ∼, do contrário, pode ser cansativo demais.

São exemplos: cortinas, cúpulas de abajur, almofadas, tapetes, quadros, prateleiras, roupas de camas, papéis de parede e muito mais.

Imagem: Daniel Kalil

Quem quer utilizar o amarelo nos interiores, mas sente receio de exagerar, pode optar, por substituir a cor pura por materiais em tons amarelados ∼ e claros. Eles podem vir a ser empregados em móveis, revestimentos de pisos, de paredes e mais.

Outra opção é tornar o todo o cômodo virtualmente amarelo através do uso de lâmpadas ou fitas de lâmpadas em tons amarelados.

Imagem: BG Arquitetura

Os efeitos da combinação de cinza e amarelo

A combinação de cinza e amarelo é uma das tendências mais sofisticadas do design de interiores da atualidade. Ela cai bem, principalmente, com o estilo industrial ∼ não importa o tipo de ambiente ∼, mais adequado a um cenário urbano.

Imagem:Livia Dalmaso

E ainda deixa os espaços neutros e discretos, mas também alegres na dose certa. Isso porque é uma mistura perfeita do neutro com o quente.

Imagem: Sesso & Dalanezzi Arquitetura + Design

“Mas a perfeição cinza + amarelo também tem uma explicaçãozinha: o amarelo é a cor pigmento mais viva, e no espectro luminoso, ela é a que mais se aproxima do branco. No preto, o amarelo adquire sua potência máxima de luminosidade, e no branco, quase não tem destaque. Ou seja, no meio termo {o cinza, principalmente se for o cinza neutro} o amarelo fica equilibrado. Luminoso, mas não tanto quanto no preto.” ∼ citação, em reportagem de Melhor Ângulo.

Imagem: MeyerCortez Arquitetura e Design

Exemplos de combinações de cinza com amarelo

Cuidando certo dos detalhes, o projetista de interiores consegue fazer do cinza e amarelo ser a combinação certa para vários ambientes.

Por exemplo, o quarto de uma criança, mesmo que seja bebê. De crianças de sexos diferentes, que dividem o mesmo quarto. Ou de crianças de mesmo sexo, mas idades diferentes.

Imagem: Antônio Ferreira Junior e Mário Celso Bernardes

E, em todas as opções, acompanhando o seu desenvolvimento, trocando apenas alguns itens.

A inserção dessas duas cores no espaço pode ser feita em apenas uma parede. Também em peças do mobiliário, como nos armários de uma cozinha, na cabeceira de uma cama, e no rack ou painel de uma televisão.

Imagem: Adriana Diegues

Em roupas de cama, mesa e banho. Em capas e mantas de estofados. Em eletrodomésticos, como geladeiras. Ou em objetos de decoração.

Lembrando que, sobre a cor cinza e a cor amarela, uma sempre destacará e complementará a outra.

Ficou claro para você todas as possibilidades de uso da cor cinza e amarelo? Se procurava a melhor maneira de empregá-las na sua casa, escolha um ambinete e comece a decoração agora mesmo!

*As dicas de decoração em cinza e amarelo foram criadas pela equipe Viva Decora.

Comente pelo Facebook
Escreva o seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui

UP
YouTube   FeGonçalves