Por Fê Gonçalves  •  15 Maio 2020
0 Comentários

Luz na medida certa para sua cozinha brilhar!

Decoração, Lifestyle

Imagine cozinhar de olhos vendados. Você conseguiria? É claro que seria muito mais difícil, pois o adequado é que possamos enxergar aquilo que estamos preparando. 

As atividades na cozinha envolvem lavar e cortar alimentos, colocá-los em panelas quentes e montá-los em pratos e travessas. E, tudo isso, pode e ser feito com muito mais facilidade e segurança se houver uma boa iluminação ambiente.

Imagem: Revista Viva Decora e Érica Salguero

Já pensou porque os novos modelos de coifas e depuradores de ar vêm com lâmpadas para serem acesas sobre o fogão? É porque a ideia é permitir que o cozinheiro possa enxergar melhor o que está cozinhando. 

Agora, porque o mesmo não pode ser feito sobre os balcões da cozinha? Até porque é nesses pontos do ambiente que iremos deixar tudo separado para encaminhar às panelas.

E dentro dos armários? Será que não seria melhor se você conseguisse ver o que há lá no fundo dos nichos e das prateleiras mais altas? Fique tranquilo, pois graças às novas tecnologias é possível adicionar mais iluminação à cozinha, dando charme para os seus armários também.

Imagem: João Armentano

Onde acrescentar mais iluminação na cozinha?

Sabe-se que a iluminação principal de qualquer ambiente de casa fica no teto. Para o caso das cozinhas modernas, com a possibilidade dos rebaixos em gesso, tem-se optado por um sistema mais personalizado, voltado aos áreas principais do ambiente. 

Além das luminárias centrais, ainda se teria as luminárias complementares ou as que correm em trilhos, direcionadas para pontos estratégicos.

Imagem: Revista Viva Decora

Agora, a maior novidade apresentada nos últimos anos é a possibilidade de acrescentar iluminação em outros pontos da cozinha. Falamos das luzes sobre o fogão. Também seria possível colocar luzes dentro, sobre e sob balcões, armários, nichos e prateleiras. 

Sendo assim, consegue-se criar efeitos visuais muito mais impressionantes. Além disso, ajudam as pessoas a enxergarem melhor onde circulam e o que preparam.

Imagem: Máira Ritter

Como instalar a iluminação?

Instalar este tipo de iluminação na cozinha não é uma tarefa tão simples e requer auxílio de um profissional habilitado. Além do mais, deve ser prevista no projeto de marcenaria. E precisa estar de acordo com o gosto e as necessidades dos usuários. Do contrário, não fará qualquer sentido.

Imagem: Bianka Mugnatto e Studio Scatena Arquitetura

Há duas formas de expor a iluminação, na parte externa do móvel ou embutido nele ~ sendo a segunda solução a mais querida pelos designers. Já existem no mercado vários modelos de luminárias com luz de LED que funcionam com pilha ou que podem ser recarregadas através de cabo USB, e até com sensor de “varredura de mão”. Estas podem ser facilmente coladas dentro ou sob os armários sem comprometer a estrutura do móvel.

“Elas podem ser utilizadas na parte frontal ou traseira das prateleiras e nichos, de acordo com a preferência do morador.”

“No caso das prateleiras, a sugestão é furar as laterais das peças para passar a fita de uma para a outra, ao invés de cortá-la. Isso reduz a quantidade de emendas e facilita a ligação da fita ao transformador que a alimenta.” Christian Schönhofen, em reportagem de Gazeta do Povo.

Imagem: Revista Viva Decora e INÁ Arquitetura

Já para uma iluminação mais brilhante, seria também possível aproveitar outro modelo de lâmpada de tecnologia LED. Estamos falando das tão famosas fitas de LED, que são uma forte tendência atual em iluminação de decoração de interiores. 

A vantagem delas é que podem ser utilizadas para fazer o contorno nos armários ~ dentro e fora. Só que precisam ficar ocultas de alguma forma ~ talvez em rasgos na marcenaria.

Imagem: Giovana Ciacco Interiores e Revista Viva Decora

Imagem: Vita Arquitetura e Revista Viva Decora

Por fim, é preciso falar dos spots redondos. Esse tipo de luminária também pode ser encontrada num formado para ser colado no armário e com lâmpadas de LED alimentadas por pilhas. E também existem os spots próprios para serem embutidos nos armários e que devem ser ligados à tomada. Estes podem vir até com controle remoto para o ajuste da intensidade de luz.

Imagem: Duda Senna

Como funciona a iluminação embutida?

A iluminação embutida é a principal alternativa de iluminação de armários de cozinha. Ela possui um forte apelo estético, apresentando resultados visuais incríveis. 

Pode proporcionar uma iluminação indireta bem aconchegante ao olhar, destacando áreas especiais da decoração do ambiente. Mas trata-se de uma solução que deve requerer assistência técnica em todas as suas etapas de instalação.

Cabe ao designer prever não só os espaços para embutir as luminárias como também os espaços ocultos para a passagem dos fios de alimentação até a rede elétrica. É inadmissível que esses fios fiquem expostos na parte externa ou interna dos armários, pois isto comprometeria completamente a proposta. De resto, não tem muito segredo.

“Nas gavetas e nas portas, (ainda) é possível instalar interruptores que façam com que as luzes se acendam e se apaguem quando elas são abertas e fechadas.” – Christian Schönhofen.

Imagem: SharonFliter Arquitetura e Interiores

Agora é a sua vez de planejar a cozinha, prevendo quais as áreas que deseja iluminar. Sem ideias? Use as imagens deste texto como inspiração.

As dicas de como decorar sua cozinha utilizando uma boa iluminação foram criadas em parceria com a equipe.

Comente pelo Facebook
Escreva o seu comentário
Você precisa estar logado para deixar um comentário.
UP
YouTube   FeGonçalves